Página Inicial Destaques Lamim é incluído no mapa do turismo de Minas Gerais

Lamim é incluído no mapa do turismo de Minas Gerais

Ccahoeira de Lamim

Na última semana a Secretaria de Estado do Turismo de Minas Gerais (Setur-MG) divulgou o Mapa oficial dos municípios participantes da Política de Regionalização do Turismo em Minas Gerais.

Esse ano, Minas Gerais aumentou de 455 para 600 municípios mineiros participantes da política. O aumento de 31,9% evidencia o trabalho de articulação da secretaria e suas instâncias de governança.  O município de Lamim passou a constar nessa seleta lista. O principal critério para constar no Mapa do Turismo de Minas Gerais era participar de um circuito turístico.

Signatário da carta de intenções que deu origem a Associação dos Municípios do Circuito Villas e Fazendas de Minas Gerais, no ano de 2002, o município laminense estava fora da entidade há alguns anos e agora retorna a associação para se integrar aos projetos estaduais voltados para o setor.

Por determinação do prefeito Dr. Marco Antônio de Assis, a administração municipal trabalhou pela volta da cidade de Lamim ao Villas e Fazendas e pela criação de um setor de gestão do turismo. Agora Lamim está habilitada para dar os próximos passos em busca do crescimento de uma economia criativa com foco no turismo, com seus atrativos.

Fazenda Oalria Lamim

O que é um Circuito Turístico?

Os Circuitos Turísticos são entidades sem fins lucrativos, que caracterizam a política pública de Regionalização do Turismo de Minas Gerais, em desenvolvimento pelo Governo do Estado de Minas Gerais desde o ano de 2001, os Circuitos Turísticos obtiveram seu reconhecimento com a publicação do Decreto de Lei n° 43.321/2003. Esta política é um modelo de gestão das regiões turísticas que segue as diretrizes do Programa de Regionalização do Turismo, estabelecido pelo Ministério do Turismo.

Fazem parte do Circuito Turístico Villas e Fazendas de Minas: Capela Nova, Caranaíba, Casa Grande, Catas Altas da Noruega, Conselheiro Lafaiete, Cristiano Otoni, Itaverava, Lamim, Piranga, Queluzito, Rio Espera, Santana dos Montes, Senhora de Oliveira.

Fonte: Setor de Cultura e Turismo de Lamim
Fotos: Fabrício Miranda