Página Inicial MAIS MG Rejeitos de mineroduto que se rompeu chegam a Rio Casca; Copasa monitora...

Rejeitos de mineroduto que se rompeu chegam a Rio Casca; Copasa monitora cidades

Os rejeitos de minério da empresa Anglo American chegaram a Rio Casca, cidade localizada a 18 km de Santo Antônio do Grama, local onde um mineroduto se rompeu na última segunda (12). A contaminação aconteceu em um ponto de captação de água para o município e foi confirmada pelo secretário de Administração da cidade.

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) realiza o monitoramento da qualidade da água disponibilizada aos moradores da cidade e, apesar da chegada dos sedimentos, afirma que ela encontra-se potável. O abastecimento e a captação de água estão normalizados.

Abastecimento em Santo Antônio do Grama

De acordo com a Copasa, uma adutora foi instalada de forma provisória para captar água do Córrego Salgado e abastecer a população que mora nas partes baixas de Santo Antônio do Grama. Por volta de 0h20m desta quarta-feira (14) o abastecimento foi retomado. Já os moradores da parte alta estão recebendo água potável por meio de caminhões-pipa.

Anglo American

A empresa afirmou que nos oito pontos de monitoramento da qualidade da água, registrados ao longo dos sete quilômetros do ribeirão Santo Antônio, entre o local do vazamento e sua foz no rio Casca, os resultados de turbidez registram índices inferiores aos limites legais em cinco pontos.

Fonte: BHAZ