Página Inicial Fique por dentro! Volta de amadores, chororô e acidente marcam TOP 3 do MasterChef Profissionais;...

Volta de amadores, chororô e acidente marcam TOP 3 do MasterChef Profissionais; vem ver!

O episódio dessa terça-feira (21) do MasterChef Profissionais  foi marcada pelo clima de tensão entre os participantes, muito choro e pela formação do TOP 3 da temporada.

O programa começou com uma tarefa difícil: a última prova de serviços do reality foi reproduzir receitas do restaurante da Chef Paola e servir para 30 clientes, mas contaram com a companhia – algumas não tão boas -, de ex-participantes da 4ª edição do MasterChef amador: Mirian, Vitor B., Fernando e Yuko.

mirian-e-francisco

Francisco foi o primeiro a escolher com quem iria trabalhar e chamou Mirian, argumentando estar “ouvindo o coração, a voz da experiência e da maturidade”. Foi uma surpresa para todos, afinal, alguns deles não queriam trabalhar com a cozinheira. Chegaram, inclusive, a agradecer a escolha de Francisco. Pablo escolheu Fernando na sequência, enquanto Raissa ficou com o Vitor e, por fim, Irina recebeu o auxílio de Yuko.

Yuko e Irina foram a dupla desastrosa: a ajudante não conseguia fazer a massa da maneira correta e levou várias broncas da Irina: “Tem que achar não, tem que ter certeza”; “Bora Yuko, acelera. Tá muito feio, bora deixar bonito por favor”; “Eu peço pra ela cantar na língua dela, e ela não entendeu. Quem dirá outras coisas”.

yuko

Raissa e Vitor, a “dupla dos novinhos”, também não se deram bem. O sorvete não ficou pronto a tempo e acabou sendo servido como um “creme inglês gelado” depois de muita bronca de Paola.

O primeiro participante a chegar na semifinal foi Pablo, que venceu a prova e subiu para o mezanino pela 4ª vez seguida. Durante a prova eliminatória dos 3 restantes, o objetivo era fazer o Bife Wellington, com lagosta dentro. Uma difícil prova de eliminação, já que o desafio era preparar uma receita sem experimentá-la.

Na contagem regressiva de Ana Paula, aos 10 segundos restantes, Francisco retirou o preparo do forno e começou o desespero: desenformar e montar o prato a tempo. Com a forma extremamente quente, ao som do tempo se acabando, todos os chefs já haviam concluído que ele não conseguiria entregar. “Isso nunca aconteceu no MasterChef”, disse Jacquin. Mas para a surpresa de todos, Francisco queimou a mão toda, mas entregou e a receita ainda foi escolhida como uma das melhores. Ele também foi o TOP 3.

Na disputa final, restaram Irina e Raíssa. A competidora mais nova foi eliminada por pouca diferença de qualidade em relação ao prato da concorrente.

Fonte: BHAZ